Precificação

Para você chegar ao preço final do seu produto ou para formar a precificação do seu produto você deve seguir alguns passos. Vejamos:

Primeiro passo é Seu Público Alvo.

Seu público alvo será seu cliente, então, descobrir para que tipo de público você quer vender é essencial e deve-se prestar muita atenção nesse público. Mas para conhecer esse público você deve antes:

Localizar seu público alvo. Mas como?

Fazer uma pesquisa sobre esse público em redes sociais , pois as redes sociais são uma ferramenta de busca de público e clientes que inicialmente não precisa te gerar nenhum custo. Pesquisar redes sociais de shoppings, lojas, restaurantes, lanchonetes, colegas, são essas ferramentas que vão te dar o alvo. Pessoas da região se relacionam com essas páginas.

Determinar o público alvo. Mas como?

No geral o comportamento de venda de vendedores e empreendedores é vender para pessoas de seu bairro, da sua rua, enfim, exclusivamente da sua localidade o que o limita na expansão de suas vendas. Assim como você pode determinar para que público você quer vender se for de renda alta, média renda ou baixa renda, pode-se também determinas outros locais, buscas o público de outras regiões, assim você pode ter produtos diferentes para públicos diferentes e assim crescer com seu negócio.

Capitar conhecimento (conhecer seu público alvo). Mas como?

Como já foi dito, você irá fazer um trabalho de conhecimento, saber as necessidades, as vontades, as buscas, os desejos dos seus clientes. As redes sociais são portas de pesquisa de busca dessas informações. Então, entra na rede social das pessoas que você buscou nas localizações que você determinou e curti alguma coisa, comenta positivamente um post da pessoa, interaja com essa pessoa. A pessoa irá se interessar em ver quem curtiu ou comentou suas coisas e vai entrar no seu perfil e verá com o que você trabalha, o que você vende e isso pode despertar o interesse desse possível cliente em entrar em contato com você para uma compra ou vai com certeza te seguir nas redes sociais para ficar por dentro dos posts dos seus produtos e dos seus trabalhos. Assim estará capitando o seu público alvo e se engajando esse as suas redes sociais.

O ideal é que o vendedor tenha Produto adequado para o Público adequado. Entender o que o cliente quer ou pode comprar.

Primeiro o vendedor percebe o cliente, conhece o cliente e depois lança o produto para o alvo determinado.

O segundo passo é Criar Receitas Lucrativas.

Você precisa entender que o crescimento do seu negócio está no seu lucro. Desenvolver receitas práticas, acessíveis, e que atenda o gosto do cliente é uma jogada de mestre para você manter os clientes que você já tem e conquistar novos clientes com a propaganda boca a boca, pois quem comprou e gostou certamente vai te indicar. Então promova desconto, compre um e ganhe outro, compre um produto e ganhe tal produto de brinde, junte selos para troca por tal produto, a cada X de compras você ganha um produto de cortesia. São essas atitudes e iniciativas tomadas por quem vende é que vão engajar e fidelizar os clientes a você e seu negócio.

Muito importante também é você vendedor empreendedor fazer uma ficha técnica do seu produto e nela deve conter o produto que vai usar, a quantidade do produto que vai usar e o modo de preparo do seu produto. Tendo isso você conseguirá somar todos os gastos que teve com a receita, com a produção do produto, após somar todos seus gastos você também colocará sua mão de obra, ou seja quando você quer ganhar por produto.

O mercado de vendas e precificação ensina que se deve multiplicar seus custos por ( X 2,5 ) ou ( X 3 ), ou seja que você multiplique tudo que somou com gastos, não está errado, mas entenda que somando tudo e multiplicando dessa forma você estará limitando seu lucro . Independente de quando der essa soma com essa multiplicação sua margem de lucro será sempre dentro desse limite e você se tornará um profissional limitado em caso de Lucro. Mas quando você faz uma ficha técnica do seu produto e soma todos os gastos ( custos ) que teve com seu produto, então você vai definir quanto quer ganhar de lucro, pois seu produto pode valer muito mais do que a margem limitada.

Você sabendo o preço real do seu produto, então conseguirá trabalhar com meta, podendo definir quanto quer ganhar por mês.

O foco é: Quanto mais você vende, mais você ganha.

Você tem que saber produzir, mas também tem que saber vender.

Cristiano Cardoso – Diretor Financeiro

Publicado por gustavoernandes

Graduado em Gastronomia pela UMESP, Pós Graduado em Gestão Negócios e Serviços em Alimentos e Bebidas pelo Senac, Instrutor Técnico no Instituto Gourmet Brasil, Gestor Negócios na C2C Food Service e Editor do Blog Dom Ernandes Gastronomia, focado em desenvolver e apoiar os negócios em A&B de forma eficiente e rentável, dando a devida atenção ao desperdício de alimentos, sempre com foco em resultados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: